podast o que é header blog

Podcast: o que é, para que serve e como publicar nas plataformas

Se você tem uma ideia, um tema, tópicos e vontade de falar sobre algo que ama, começar um podcast é um excelente caminho para colocar isso em prática.

Mas muitas pessoas ainda têm dúvida sobre o que é podcast. Afinal, o formato (apesar de não ser tão recente) ganhou muita relevância nos últimos anos.

Porém, você não deve iniciar seu podcast sem ter em mente alguns pontos importantes. Mesmo que seu programa seja apenas um hobby no início, você provavelmente quer que ele tenha as maiores chances possíveis de se tornar um sucesso no futuro.

Portanto, um pouco de planejamento pode significar a diferença entre um programa que não tem ouvintes e um que tem muitos fãs engajados.

Para te ajudar nessa missão, o post de hoje é um guia prático que vai te guiar pelo universo do podcasting e vai responder a sua pesquisa sobre o que é um podcast.

Vamos começar?

O que é podcast?

Os podcasts são um formato de áudio marketing e seu conceito, na verdade, é bem simples de entender.

Você provavelmente é ou já foi familiarizado com programas de rádio, certo? O podcast se assemelha muito com o rádio, a diferença é que é um conteúdo sob demanda e, dessa forma, as pessoas podem ouvir quando quiserem, pois o conteúdo fica sempre disponível.

Podcasts são conteúdos de áudio via streaming em que os usuários podem baixar em seus dispositivos pessoais e ouvir quando desejar. Cada episódio gira em torno de um tema ou tópico e é um excelente formato on-demand que ajuda empresas a se conectarem com seus clientes, prospects, time e parceiros.

A palavra podcast vem de podcasting, que é a junção do iPod, da Apple, que é a sigla de Personal on Demand (algo como pessoal sob demanda) e broadcasting (distribuição ou radio/videodifusão).

Então, o significado de podcast é transmitir (cast) conteúdo sob demanda (pod – personal on demand). No final do dia, os seus episódios formam o podcast e você, é um podcaster!

Conforme os podcasts foram se popularizando, empresas, marcas e negócios começaram a perceber que eles poderiam ser uma ótima ferramenta de marketing.

Assim, o podcast para marketing é usado para informar, entreter e educar a sua audiência sobre o(s) assunto(s) que são o foco do seu negócio. 

E tudo por meio do áudio. 

Estamos começando a entender que é possível falar sobre absolutamente qualquer assunto através dos podcasts, o que faz dele não apenas um conteúdo estratégico, mas também acessível para o público.

Além disso, podcasts podem ser episódicos, ter várias temporadas e disponibilizar um conteúdo educacional e de valor com foco em um nicho específico de pessoas.

Ou seja, se você possui um negócio ou uma empresa e se comunica com um nicho, os podcasts te ajudam a disponibilizar o seu conteúdo para essas pessoas.

Para que servem os podcasts?

Agora que já respondi à sua pergunta “podcast o que é”, vamos falar para o que servem. 

Podcasting é uma maneira brilhante de informar, inspirar e divertir as pessoas, cobrindo praticamente todo e qualquer tema que existe!

A sua voz transmite a sua personalidade e os ouvintes podem conhecê-lo de uma forma mais pessoal. É uma forma de se aproximar do público fazendo com que o conheçam, gostem e confiem em você.

Ou seja, através do podcast é muito mais fácil criar um relacionamento profundo e real com a audiência.

Além disso, para empresas, essa pode ser uma forma de se destacar. Poucas marcas ainda investem em podcasts como conteúdo de valor.

Dessa forma, as empresas que aproveitarem esse momento para investir neste tipo de canal, terão um oceano azul de oportunidades para escalar.

Quer saber mais sobre tendências para podcast e as estatísticas e porquê investir neste formato? Confira os conteúdos que preparamos para você:

Agora que você já sabe para que serve um podcast, vamos te mostrar como criar o seu em 10 passos simples.

Como ouvir podcasts?

Todas as informações dos podcasts existem um simples arquivo chamado Feed RSS.

Todos os títulos, descrições, e links para o áudio original estão dentro desse arquivo. Mas ao invés de acessarmos esse arquivo diretamente, temos os agregadores de áudio que facilitam muito a nossa vida!

Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music, Deezer e vários outras opções são as melhores maneiras de você ouvir podcasts.

Esses players reúnem todos os podcasts – que são distribuídos pelo seu host de podcast – e você pode ouvir direto pelo aplicativo, no seu celular, tablet, ou desktop.

No Brasil, o Spotify é o maior player de podcasts e também o que disponibiliza mais métricas de podcasts para analisarmos.

Por que criar um podcast?

Até agora, já descobrimos o que é podcast e vimos que uma das principais vantagens de criar um podcast se dá pelo fato de ser um formato versátil e acessível.

Além disso, também entendemos que podcasts para marketing são uma ótima estratégia de comunicação para empresas. 

Vamos detalhar mais sobre por que criar um podcast a seguir.

É um formato de conteúdo novo, e sem saturação.

Estratégias de marketing nunca envolvem apenas um tipo de conteúdo.

Pelo contrário! Sabemos que uma boa estratégia de marketing envolve uma série de formatos que agregam um tipo de valor específico para a audiência, mas que também se complementam quando olhamos para a estratégia de forma macro.

Assim, um dos principais motivos de porquê criar um podcast é o de que eles aparecem como uma oportunidade de ser mais uma opção de conteúdo para seu público, aumentando ainda mais o raio de alcance e o número de pessoas que podem se interessar pela sua empresa.

Podcasts geram oportunidades de negócio.

Existe uma oportunidade enorme para criar podcasts relevantes atualmente. Mas outro lado importante sobre podcasts, é que eles também são uma fonte estratégica de novos negócios para a sua empresa.

Se você recebe convidados, é uma oportunidade única de criar relacionamentos com possíveis clientes.

Se você tem um show único e com conteúdo relevante, é uma oportunidade de se posicionar como especialista no mercado. Colocando podcasts como parte central da sua estratégia, você cria novos canais de aquisição de clientes para alimentar o seu time de vendas.

Interessante, não é?

Como criar um podcast para sua empresa

Criar um podcast não é difícil, mas exige dedicação, esforço e, claro, criatividade. Então, se você quer saber como criar um podcast, saiba que está no lugar certo, pois preparamos um passo a passo rápido com todas as etapas para você tirar o seu podcast do papel e partir para a ação!Engana-se quem pensa que construir um podcast é uma tarefa difícil. 

Planejamento de podcast

O primeiro passo para criar um podcast de sucesso é a fase do planejamento.

Sem um planejamento devidamente estruturado, as chances de o seu podcast não atingir os resultados esperados são grandes. Por isso, nunca negligencie esta etapa.

O planejamento é o que vai te ajudar a traçar de forma assertiva os seus objetivos e garantir que todas as demais etapas do processo serão concluídas.

O começo de um planejamento pode ser simples. Tudo o que você precisa fazer é pegar um papel e caneta e fazer as seguintes perguntas para si mesmo:

  • Qual é a minha audiência?
  • Qual será o tema do meu podcast?
  • Já possuo um nome para o podcast?
  • O que me diferencia dos meus concorrentes?
  • Quais são os conteúdos que posso abordar dentro do tema que escolhi?
  • Quais são os profissionais da área que posso trazer como convidados para o programa?
  • Qual será a frequência/periodicidade das publicações?
  • Em quais canais vou fazer a divulgação? Já possuo uma Landing Page?
  • Já possuo um guia/roteiro para conduzir o conteúdo do episódio?

Estas são apenas algumas das principais perguntas que você deve responder durante a fase de planejamento. 

Lembre-se: quanto mais respostas você tiver, melhor. Então, se surgirem novas dúvidas ao longo do caminho, veja isso como algo positivo!

Esse post traz detalhes sobre como usar o Trello para planejar o seu podcast.

Gravando podcasts

A segunda etapa de como produzir um podcast – uma vez que o planejamento estiver fechado – é a da gravação.

A etapa da gravação nada mais é do que o momento de colocar em prática tudo o que você traçou no seu planejamento. É quando a produção do seu podcast realmente começa!

Você pode gravar o podcast presencialmente e se reunir com outros participantes, se for o caso. Os equipamentos e recursos fundamentais para fazer uma gravação presencial são:

  • Fones de ouvido;
  • Microfone;
  • Um computador com o software de áudio que fará a gravação do áudio.
  • Estar em um local bem isolado acusticamente e com a menor quantidade de ruído possível.

Se você desejar gravar o áudio localmente, alguns dos melhores softwares de áudio para a gravação de um podcast são Audacity, Adobe Audition e Mp3 Cut. Você também pode usar o próprio gravador de áudio do computador se estiver gravando sozinho.

Parar gravar seu podcast remotamente, o Google Meet, Skype ou Zoom são boas opções. Assim como o Anchor.fm, que disponibiliza as ferramentas necessárias para você gravar e editar seus episódios.

Mas sempre recomendamos plataformas específicas para podcast, como o Zencastr, Riverside.fm, e Squadcast.

Ebook Gravar podcasts remotamente

Editando podcasts

A etapa da edição também pode ser vista como o momento de curadoria do seu conteúdo. 

É aqui que você vai selecionar os momentos e falas que valem a pena ou não estar no episódio do seu podcast. Garanta que sua edição traga ritmo ao episódio, dando a fluidez necessária para que a escuta seja agradável – e que faça sentido – para o público.

Garanta também o backup original da gravação para não ficar na mão caso aconteça alguma coisa errada durante a edição.

A edição também é um momento de criação. Insira vinhetas, estabilize o som, diminua os ruídos e crie a ordem que mais fizer sentido para a sua narrativa.

Muitos dos softwares de gravação de áudio têm todas as ferramentas para edição. Bem como plataformas específicas como o Zencastr e o Anchor.fm.

Não complique nessa hora! Aqui, mais é menos. 😉

Publicando podcasts

É chegada a grande hora: publicar o seu podcast para todo o mundo passar a conhecê-lo!

O primeiro passo é selecionar o seu serviço de hosting. Anchor, Blubrry e PodBean, são alguns dos principais hosts, e são integrados diretamente com as principais plataformas de streaming, como Spotify, Deezer, Google Podcast e Apple Podcast.

Quanto maior o número de canais em que o seu podcast estiver presente, maior alcance ele terá e, consequentemente, maior será a sua audiência.

Como divulgar podcasts

A etapa da publicação é extremamente importante, mas um podcast publicado que ninguém sabe da existência dificilmente vai gerar os frutos que você espera.

Resgate seu planejamento inicial e veja quais foram os canais que você elencou para fazer a divulgação do seu podcast.

Você pode começar divulgando no seu próprio site, e principalmente nas suas redes sociais. Gostamos bastante de email marketing por aqui, e é uma ótima estratégia se você já tiver uma audiência de email.

Outra excelente ideia para divulgar o seu podcast é criar blog posts sobre o tema do episódio. Usando o podcast como referência e embedar o player no seu post, é uma excelente maneira de trabalhar a busca orgânica do Google.

Por último, se você têm convidados no seu podcast, garante que eles recebam todas as informações necessárias para compartilhar. Utilizar a rede de seguidores dos seus convites é uma excelente maneira de ampliar a sua audiência!

Ebook Podcasts para empresas

10 passos práticos para criar o seu podcast

Agora que você já sabe as etapas macro parar criar o seu podcast, vamos entrar em 10 passos mais práticos para você criar o seu show.

1) Escolha um tema e nome de podcast

Após entender sua motivação para iniciar um podcast, você já pode começar a planejar o tema central do seu podcast. 

Porém, lembre-se: escolha um tópico que corresponda aos interesses do seu público e ao principal motivo pelo qual você está criando um podcast. 

Além disso, se você deseja tornar seu podcast o mais exclusivo possível, sugiro um tema de nicho. Quanto mais específico for, mais fácil será planejar o conteúdo para aquele tópico.

E, ao escolher o nome do podcast, lembre-se das plataformas de busca e boas práticas de SEO. O ideal aqui é escolher algo original, mas que seja fácil de lembrar.

2) Defina o formato e a estrutura do seu podcast

Antes de escolher o formato do seu podcast, pense em qual seria a melhor forma de transmitir a sua mensagem de acordo com o tema que você escolheu no passo #1.

Se você estiver fazendo podcasts sobre histórias reais, um documentário pode se adequar à sua agenda. Enquanto, se você pretende falar sobre empreendedorismo, provavelmente desejará entrevistar líderes de pensamento bem-sucedidos.

Pensando nisso, você pode considerar um dos seguintes formatos:

Anfitrião Solo vs. Co-hosts

Se você está apresentando sozinho, pode executar o show como quiser. Porém, isso significa que você tem que fazer todo o trabalho braçal para manter o podcast fluindo e divertido também sozinho. 

Podcasts com 2 apresentadores geram conversas mais naturais. E é a melhor opção para quem precisa de uma ajuda para falar por um longo período de tempo.

Entrevista

Nesse formato, você pode convidar outras pessoas para entrevistar em seu programa. Ou seja, é uma boa estratégia para quem deseja ter especialistas para explicar um tópico.

Narrativas roteirizadas

Esses tipos de formatos podem incluir narrativas de ficção ou não-ficção.

Documentário

É para podcasters investigativos que desejam explorar e documentar um evento ou realidade à medida que avança.

Além do formato, você também precisará considerar a estrutura do podcast, o que inclui a sua duração e como será o seu desenvolvimento ao longo do episódio. 

Ou seja, essa deve ser uma escolha sábia, baseada na melhor apresentação das ideias. E, como sempre, pensando no seu público. 

Você também pode acessar esse post com tudo o que você precisa saber sobre como estruturar o episódio do seu podcast, para facilitar ainda mais a escolha.

3) Construa uma marca

Por mais que você não deva julgar um livro pela capa, ou um podcast, o branding desempenha um grande papel na atração de audiência. 

Isso significa que você deve pensar no tipo de mensagem que deseja transmitir antes de criar seu logotipo e a capa do podcast.

Pense sobre: 

  • Qual público você quer atrair?
  • Como você quer que sua marca faça os outros se sentirem?
  • Como você quer que seu podcast seja representado?

Quando chegar a hora, acesse o nosso guia para criar sua capa.

4) Tenha um bom equipamento de podcast

O próximo passo do guia Podcast: o que é, para que serve e como fazer o seu em 10 passos é sobre configurar seu hardware. Mas calma, você não precisa de um estúdio sofisticado para fazer um podcast profissional!

O dispositivo mais importante que você vai precisar são os equipamentos de áudio.

Nós temos um guia completo sobre equipamentos para gravar podcast que vai te orientar sobre as melhores escolhas. 

Entretanto, resumindo: você pode escolher entre um microfone USB, que é mais fácil de configurar, ou um microfone XLR, que pode lhe dar um pouco mais de controle durante a gravação.

Depois que você adquirir o microfone, você pode considerar outros dispositivos, incluindo:

  • Pedestal de microfone;
  • Um filtro pop;
  • Mixer de áudio e/ou interface de áudio;
  • Uma câmera (se você estiver gravando um vídeo).

Assim, ao desenvolver o seu show, você também terá diversas possibilidades para otimizá-lo com foco na experiência do seu ouvinte.

5) Escolha o melhor software de gravação

Quando se trata de software de gravação, você precisa considerar as suas necessidades de gravação.

  • O software grava em resolução de alta qualidade?
  • Você pode cancelar automaticamente o ruído de fundo?
  • Você está gravando remotamente? Se sim, o software possui recursos de gravação remota?
  • O software vem com ferramentas de edição fáceis para aprimorar seu podcast? 
  • Você pode facilmente baixar ou compartilhar suas gravações de podcast?

Essas são algumas das perguntas que você precisa fazer, mas a lista continua…

Embora existam diversos softwares, o Zencastr é o nosso preferido. Além de ser um aplicativo de gravação, ele também é de edição. 

Esse software de áudio é mais estável e com mais qualidade do mercado. Nele, é possível gravar episódios de qualidade premium sem ruídos de fundo e som nítido. 

Além disso, ele também é cheio de recursos úteis.

6) Se prepare para gravar o seu primeiro episódio de podcast

Agora que você aprendeu o básico com o nosso post “Podcast: o que é, para que serve e como fazer o seu em 10 passos”, é hora de gravar o seu primeiro episódio. 

Se você decidiu criar um podcast de entrevistas, recomendamos que agende um número considerável de entrevistas com alguns convidados com antecedência. 

Além disso, você também precisa se antecipar e pensar sobre quais perguntas deseja fazer.

Uma dica é decidir exatamente sobre o que você quer falar nos primeiros episódios, já que esses podem ser os mais desafiadores. 

Ou seja, é bom escrever um roteiro para você ter um norte a qual seguir durante a gravação.

Uma boa ideia também é testar todo o seu equipamento e certificar-se de que tudo funciona antes de começar a gravar o episódio.

7) Grave o seu primeiro episódio de podcast

Chegou a hora gravar o seu primeiro episódio! Você está pronto? Anote as dicas a seguir:

  • Certifique-se de que todas as configurações do seu equipamento estejam prontas;
  • Teste seu equipamento antes de gravar;
  • Grave em um ambiente ou estúdio silencioso; 
  • Não se apresse, fale com confiança e clareza;
  • Grave 1 minuto de silêncio;
  • Salve todos os arquivos ao finalizar.

Agora que você já tem o seu primeiro episódio em mãos, chegou a hora da edição.

8) Edite seu podcast

A edição de podcast não precisa ser complicada, mas ela é essencial para ter a qualidade de um programa profissional.

Aqui estão algumas dicas que podem te ajudar a ter um programa de sucesso:

  • Remova o conteúdo indesejado para criar um fluxo contínuo;
  • Elimine o ruído de fundo e corte as pausas incômodas;
  • Uniformize e normalize os níveis de ruído;
  • Adicione efeitos sonoros como música de fundo, uma introdução e finalização.

Dessa forma, você terá um episódio de qualidade e que certamente conquistará os seus ouvintes.

9) Publique seu podcast

O próximo passo após editar o episódio é, finalmente, publicá-lo! 

Neste passo, você precisará de um site de hospedagem de podcast. Há muitos para escolher e todos eles vêm com benefícios diferentes. 

Recomendamos que você escolha uma plataforma compatível com seu podcast, que ofereça armazenamento suficiente, e permita publicar seu podcast nas plataformas de áudio. 

10) Promova seu podcast

Você até pode ter pensado que o trabalho acabava uma vez o episódio publicado, mas não é bem assim. 

Ou seja, se você deseja que seu podcast seja ouvido, é sempre uma boa ideia promovê-lo para atrair ouvintes e mais downloads.

Existem muitas estratégias de marketing que você pode experimentar, incluindo compartilhar pequenos teasers de seu podcast nas mídias sociais.

Outras táticas incluem reutilizar seu conteúdo em postagens de blog, investir em SEO ou fazer networking para divulgar seu programa.

Descubra o que funciona melhor para você!

banner-ebook-promover-podcast

As principais métricas para podcasts

É importante entender a performance do seu podcast desde o começo da jornada.

Para isso, nada melhor do que conhecer as principais métricas de podcast e definir KPIs claros para o seu show.

Ao longo do tempo suas análises vão ficar mais avançadas, mas separamos três métricas importantes para você acompanhar desde a criação do seu podcast.

Streams

Streams são plays com pelo menos 60 segundos. Eles são mais relevantes do que somente os plays ou downloads, porque indicam que os ouvintes realmente estão consumindo o episódio.

Acompanhar os streams médios por episódio e também o crescimento ao longo das semanas e meses é uma boa maneira de entender o crescimento do seu podcast.

Tempo Médio de Reprodução

O Tempo Médio de Reprodução indica quanto tempo, em minutos, os seus ouvintes escutam os seus episódios. Essa métrica é muito importante para entender a duração ideal dos seus episódios.

Taxa de Retenção

A Taxa de Retenção é o percentual, minuto a minuto, de pessoas ouvindo o seu episódio. Ela sempre começará em 100% e cai ao longo do tempo. Essa queda traz aprendizados interessantes sobre a estrutura do episódio, possíveis pontos de saída/desinteressantes, e oportunidades de melhoria em perguntas e convidados. Cruzando com o Tempo Médio de Reprodução, traz mais aprendizados sobre a duração dos seus episódios.

ebook metricas de podcast

Meu podcast cresceu, e agora?

É muito comum começar um podcast para sua empresa com o objetivo de validar um novo canal para a sua estratégia de marketing.

Geralmente, isso significa gravar episódios de forma simples, com pós-produção limitada.

Com o seu show ganhando tração – e provavelmente chamando a atenção de concorrentes – é preciso dar um passo além e levar o seu podcast para o próximo nível.

Existem duas opções para isso: montar um time interno especializado em podcasts, ou contratar uma empresa especialista em produção e edição de podcasts.

Time interno

Uma das principais vantagens de um time interno para podcasts é a possibilidade de criar shows e episódios rapidamente, comum processo de iteração ágil.

Porém, contratar bons profissionais com experiência em podcast é extremamente desafiador. Além disso, você precisará contratar todas as ferramentas especializadas para produção de áudio, que podem ser bem custosas com o tempo.

Empresa especializada em edição e produção de podcasts

Diferente do time interno, um parceiro especializado em podcasts custa menos e consegue entregar ainda mais.

Os profissionais do time aplicam os aprendizados de diferentes clientes, otimizando o processo de iteração e aprendizado. Além disso, as ferramentas necessárias são utilizadas para vários clientes, o que dilui os custos e permite que o valor dos pacotes sejam mais em conta do que você imagina.

Apesar de a possibilidade de fazer coisas no último minuto não seja tão grande, um especialista traz processos e know-how que são diferenciais para o sucesso do podcast da sua empresa.

Agência de podcast + time interno

Esse é o cenário perfeito.

Sua agência de podcast traz o conhecimento técnico e a especialidade. Enquanto o seu time interno foca na promoção do podcast e em trabalhar com o parceiro para criar o show perfeito!

Os custos são diluídos e o ROI do do seu investimento é incrementado consideravelmente.

Notas Finais

Chegamos ao fim do “Podcast: o que é, para que serve e como fazer o seu em 10 passos”. Espero que você tenha entendido que começar um podcast para o seu negócio definitivamente vale a pena. 

Apesar do podcasting ser um trabalho árduo, especialmente se você está tentando alcançar um grande número de seguidores ou ganhar muito dinheiro com ele, ele também tem muitos benefícios.

Alguns desses benefícios são: divulgar seu nome e marca, fazer conexões com seus convidados e entrevistados, criar potencial de receita e construir tráfego para um site.

Por isso, é muito importante investir em um programa de qualidade. Só um bom conteúdo é capaz de expandir a confiança da audiência em você. 

Uma última dica valiosa que te podemos dar é: busque profissionais com experiência para realizar esse trabalho para você. Seja da produção, planejamento e/ou divulgação. Assim, você terá a garantia de que tudo está sendo executado com qualidade.

Quer ficar por dentro de todas as novidades da Feedgurus? Não deixe de se inscrever na nossa newsletter.