Com a constante alta dos podcasts em todo o mundo, somado ainda a facilidade para produção remota e caseira, a procura por equipamentos para produção e softwares para editar podcasts tem sido alta.

Como nós já sabemos, podcasts são conteúdos que não exigem um grande investimento para produção. Isso se reflete em equipamentos, softwares e tempo.

Isso permite escalabilidade, velocidade e uma democratização na produção de conteúdos e formatos mais interessantes que, sem dúvida, vai te deixar feliz por ter começado o seu podcast antes de todo mundo!

Contudo, apesar de ser possível criar um show de bastante sucesso e boa qualidade apenas com equipamentos que você possui em casa e softwares gratuitos na internet, é preciso lembrar que, se deseja aumentar ainda mais a qualidade do conteúdo, é preciso investir.

Por esse motivo, selecionamos 5 softwares, entre eles gratuitos e pagos, que vão te ajudar a conseguir excelentes resultados em suas edições, além de explicar a diferença entre eles. 

Prontos? Vamos lá. 😉

1. Audacity

Se você não está querendo investir, mas está em busca de um software para editar podcasts, com interface amigável e simples, essa é a ferramenta ideal para você. 

Audacity é um software 100% gratuito, super fácil de manusear e que pode ser uma mão na roda para executar edições rápidas e eficientes.

Sem dúvida muitos editores profissionais de áudio hoje em dia deram seus primeiros passos com essa ferramenta, que pode ter funções consideradas básicas, mas que pode proporcionar resultados realmente surpreendentes se tirar o melhor proveito delas.

Extremamente intuitivo e multi tracking, o Audacity permite, em poucos minutos, ajustar volume, graves, agudos, reduzir ruídos e adicionar efeitos básicos, além de fazer cortes e adicionar trilhas ao seu podcast. Além disso, oferece alguns de plugins super legais pra instalar.

É o software ideal para quem está começando agora ou está com o budget limitado para buscar outras soluções.

2. Reaper

Uma ferramenta mais avançada, técnica e completa. Um software usado por profissionais e voltado para aqueles que possuem maior desenvoltura e conhecimento sobre som e design de áudio. 

A vantagem do Reaper perante outras ferramentas voltadas para o uso mais profissional, é de permitir ser utilizada gratuitamente, contanto que não seja para uso comercial. 

O Reaper te trará resultados extremamente profissionais se você dominar sua interface, que também é bem amigável. Ele é poderoso, customizável e um software que roda em praticamente qualquer computador devido a sua excelente otimização. 

3. Pro Tools

Para quem está em busca de ferramentas para produções com maior nível de qualidade, efeitos e funcionalidades, Pro Tools pode ser a ferramenta ideal.

Uma das ferramentas mais poderosas, completas e avançadas do segmento que existe, usada por grandes produtores de áudio e filmes de todo o mundo e inclusive para dublagens. Podemos dizer que é o supra sumo dos editores.

Pro Tools possui a vantagem de integrar hardware e software para produzir audio e há quem considere ele tão importante para edição de áudio quanto photoshop é para edição de imagens. 

Além disso, ele também possui a possibilidade de fazer o download de uma versão gratuita, porém com certas limitações de plugins que, para usuários um pouco mais avançados com certeza fará falta.

4. Adobe Audition

Existe uma briga muito boa entre os softwares top de linha para edição de áudio. E nessa briga com a Pro Tools, está o Adobe Audition.

Como todos os softwares da Adobe, este não poderia ser diferente e com certeza não veio para brincar. Super completo, profissional e de altíssima qualidade, o Audition chegou para disputar a preferência dos principais engenheiros de áudio do mundo.

Aqui não há vencedores. Para quem já está acostumado com outros softwares da Adobe, ele pode ser uma boa pedida. Mas há quem diga que ele é menos intuitivo do que o Pro Tools. É literalmente questão de gosto.

Um ponto a considerar é que a Adobe não disponibiliza uma versão gratuita, nem mesmo com limitações, possibilitando apenas fazer um trial temporário.

5. Anchor

O Anchor.fm é a plataforma mais famosa de podcast no mundo atualmente. 

A vantagem do Anchor é que, por ser uma plataforma completa e voltada exclusivamente para podcast, ele pode ser o grande parceiro na produção do seu podcast. Software multi task, o Anchor possibilita você gravar, editar e publicar seu podcast nas principais plataformas.

Apesar do foco não ser a edição, ele pode quebrar um galho se você precisa realizar ações básicas e simples, e um dos grandes objetivos é garantir arquivos pequenos e leves para otimizar a transmissão. Portanto não se espante com a eventual perda de qualidade.

Ainda assim, a facilidade de gravar pelo app e poder fazer tudo em um lugar só – e até pelo seu smartphone – é muito relevante!

Notas Finais

Existem diversos softwares para editar podcasts existentes no mercado e, com certeza, a solução ideal para o que você procura.

Listamos os 5 editores mais usados pelos podcasters em todo o mundo, mas também existem outros softwares menos conhecidos que, com uma pesquisa rápida no google, podem ser uma mão na roda para você.

O ponto aqui é que podemos dizer que existem categorias de editores, entre básicos, intermediários e avançados. E entre as categorias, não há vencedores, mas sim preferências de usuários. 

Se você está começando na sua jornada, pode começar pelos básicos, como Audacity, e então ir se aventurando pelos mais avançados, testando suas versões free ou trial. 🙂

Já listamos também os principais softwares para gravar seu Podcast. Fique ligado para as próximas dicas 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *