Hospedagem para podcast: o que é e quais seus recursos?

Os podcasts não param de crescer no Brasil (e no mundo). E se você está interessado em criar o seu próprio podcast, é fundamental conhecer um pouco mais sobre hospedagem para podcast.

Se você já tem um podcast, esse assunto também é importante, pois existem muitas plataformas focadas em podcast hosting com diferentes vantagens e, às vezes, preços.

É na plataforma para hospedar podcast que você envia e armazena todos os seus episódios e é por meio dele que você distribui seu show.

Read more Hospedagem para podcast: o que é e quais seus recursos?

Agregador de podcast: o que é e como te ajuda a crescer?

O principal objetivo de um podcast é ser escutado! Não há dúvidas sobre isso. E para isso, é importante saber o que é agregador de podcast e como ele te ajuda a crescer.

Os agregadores de podcast são plataformas nas quais seu público pode encontrar os seus episódios, eles atualizam automaticamente a cada vez que um novo conteúdo é lançado por meio do feed RSS.

Se você deseja crescer seu negócio com podcast, é fundamental que você esteja presente no maior número de agregadores disponíveis no mercado. Assim, você aumenta o alcance de seu show e atende às preferências de cada ouvinte.

Read more Agregador de podcast: o que é e como te ajuda a crescer?

Podcast no Amazon Music

A era de ouro dos podcasts chega um novo patamar com a confirmação de que uma nova seção de Podcast no Amazon Music, e agora está mais que na hora de você criar o seu.

O Podcast Amazon Music chega ao Brasil na segunda metade do mês de novembro, ainda em 2020, com opções em português.

Read more Podcast no Amazon Music

Como escolher a trilha sonora para podcast

Muitos podcasters têm dúvidas sobre como escolher trilha sonora para podcast. Existem questões de direitos autorais e desconhecimento sobre onde encontrar músicas, temas e sons.

As trilhas para podcast são opcionais e alguns shows sequer as utilizam. Porém, se você busca por excelência e conteúdo dinâmico, faz total sentido usá-las.

É comum falarmos de identidade visual das marcas, certo? Mas e quanto a identidade sonora? Falamos disso no texto sobre Sonic Branding, com alguns exemplos do porque a lembrança de marca ser tão grande ao ouvirmos um determinado som.

Read more Como escolher a trilha sonora para podcast

Os melhores programas para gravar podcasts

Você provavelmente já sabe que existem diversos sites, softwares e programas para gravar podcast que podem deixar o processo de fazer o seu show ainda mais prático, mas você sabe quais os melhores?

Claro que você pode gravar seus episódios onde quiser, mas aproveitar ferramentas que já são elaboradas para este formato podem facilitar seu trabalho e poupar muitas horas de pós-produção.

Separamos aqui os melhores softwares para gravar podcast para você conhecer, com opções que gratuitas e pagas, que apresentam diferentes ferramentas e interfaces e funcionam para diversos sistemas operacionais.

Na hora de escolher qual o programa certo, pense qual é aquele que parece mais confortável para você, melhor atende às suas necessidades e apresenta o maior custo-benefício para seu podcast. 

Aqui você pode formar a sua própria opinião sobre qual a melhor ferramenta.

Vamos lá?

Audacity

O Audacity é indicação recorrente aqui no nosso blog, porque ele faz basicamente tudo o que um podcaster precisa.

É um dos programas para gravar podcast mais procuradas, porque funciona em todos os sistemas operacionais e serve também para a edição.

O melhor de tudo é que o Audacity é gratuito.

E ele é equipado com ferramentas úteis, efeitos para você incluir ao longo do episódio, funções de manipulação e organização de áudio e permite a exportação em diferentes formatos, como MP3, WAV e AIF.

O software é atualizado constantemente, então você sempre conta com os recursos mais recentes.

O único porém do Audacity é que algumas pessoas levam um tempo para aprender a usar ele da melhor maneira. Mas vale muito a pena!

GarageBand

O GarageBand é o software para gravar podcast da Apple, o que significa que está disponível apenas para Mac.

Ele é gratuito e um dos mais populares, porque oferece uma interface atraente e fácil de usar, sendo uma ótima opção para iniciantes, mas conquistando muitos podcasters para sempre.

Você consegue fazer gravações separando os áudios em mais de 250 faixas, seja para a voz dos apresentadores e convidados ou jingles e intros.

E embora seja pensado para músicos, existem diversos plugins e templates para podcast, assim como efeitos sonoros para que seus ouvintes sejam surpreendidos a cada episódio.

O GarageBand é muito comparado com o Audacity. E por mais que apresente menos ferramentas específicas para podcast, é muito mais fácil de aprender a usar e facilita a experiência do usuário.

MP3 Skype Recorder

O MP3 Skype Recorder não é a melhor opção entre as ferramentas para gravar podcast, mas vale a pena ser citada, porque ajuda nos episódios que envolvem convidados.

Ele serve para gravar as chamadas realizadas pelo Skype e salvar o áudio completo em formato MP3.

Você escolhe assim que iniciar o programa onde quer que seu arquivo seja salvo e pode fazer configurações de áudio simples, como estéreo/mono e taxa de bits.

Por mais que não seja a alternativa mais profissional, pode ser muito útil em certas situações.

Adobe Audition

O Adobe Audition oferece um dos melhores custos-benefício entre todos os programas para gravar podcast que estão no mercado.

Ele inclui uma variedade de ferramentas que dão um toque profissional ao seu podcast, como redução de ruído e gravação em várias tracks, que permite que você altere o volume de cada voz.

É considerada uma alternativa premium, com a qual você pode gravar, mixar e editar seu programa, principalmente se comparada com as anteriores.

O Audition custa U$20,00 mensais, o que é um dos valores mais baixos para programas de gravação para podcast. 

E embora ele seja mais indicado para profissionais com um pouco de experiência, existem diversos tutoriais online para te ajudar.

Hindenburg Journalist

O Hindenburg Journalist é perfeito para storytelling e é indicado principalmente para podcasts narrativos.

Além das funções mais básicas de gravação e edição, ele apresenta outras mais avançada, como identificação e redução de ruídos e gravação de som não comprimido para a melhor qualidade possível.

E você também conta com um equalizador automatizado que ajuda a manter a consistência do áudio durante cada gravação.

Este é mais um dos programas para gravar podcasts que pode ser utilizado em Windows ou  Mac. E também em diversos dispositivos, é só conectar seu microfone USB.

Vale a pena ressaltar que o Hindenburg Journalist se integra convenientemente com a maioria dos agregadores de podcast.

São oferecidos 3 planos do software, o mais básico por U$95,00.

Zencastr

O Zencastr é outro queridinho nosso e já apareceu na lista sobre como gravar podcast online

Isso porque ele facilita a gravação de podcasts com convidados a distância e os áudios são captados em diferentes tracks.

Ele é muito próximo ao Zoom e ao Skype, mas com um software completamente voltado para podcasts.

Isso inclui uma função de backups constantes e continuidade na gravação mesmo no caso de perda de conexão com a internet.

O plano profissional sai por U$20,00 mensais, mas existe um plano ainda mais completo que inclui analytics por U$250,00.

Notas Finais

Assim como qualquer outro equipamento que você use em seu show, os melhores programas para gravar podcast dependem de suas preferências.

Alguns oferecem um número maior de ferramentas e aplicações, outros oferecem interfaces mais simples e intuitivas.

Caso seus episódios envolvam convidados e seja necessário fazer gravações a distâncias, alguns softwares oferecem ótimos resultados.

Considere tudo isso e pense sobre o custo benefício de cada alternativa que chamar sua atenção.

Dito isso, todas as nossas indicações te ajudarão a ser bem sucedido ao gravar seu podcast.

E saiba mais sobre os melhores softwares para editar podcasts!

Já conhece algumas das opções que trouxemos? Conte um pouco sobre o que achou nos comentários.

E você pode acompanhar também as novidades da Feedgurus pelo nosso Instagram.

Como colocar o podcast no Spotify: o guia prático

Um dos passos mais importantes na criação de qualquer podcast é saber como colocar o podcast no Spotify. Por isso, criamos este guia prático que vai ajudar você a publicar o seu show!

Nele, vamos te mostrar:

  • O passo a passo para colocar podcast no Spotify;
  • O que são agregadores de podcast;
  • Como cadastrar podcast nas plataformas da Apple e do Google

Qualquer podcaster pode incluir seu show na plataforma do Spotify. 

E, para fazer isso, é importante que você possua ele em um dos agregadores reconhecidos. Assim, você pode copiar e colar o link do feed RSS.

Dessa forma, você mantém seu podcast sempre atualizado para streaming, porque todos os episódios já criados serão adicionados e cada novo episódio lançado é sincronizado automaticamente.

É praticamente fundamental publicar podcast no Spotify, porque é uma das principais plataformas de consumo deste tipo de conteúdo.

E ele ainda apresenta alguns dados para que você possa acompanhar o desenvolvimento de seu programa, com estatísticas e informações sobre o público.

Sabendo de tudo isso, agora vamos te mostrar como colocar seu podcast no Spotify. E, spoiler alert, é muito simples!

Vamos lá?

Passo a passo para colocar podcast no Spotify: o guia prático

Já trouxemos aqui o Guia completo de como divulgar podcast, mas não adianta promover seu show se ele não estiver fácil de ser encontrado. 

Ou seja, aposte no Spotify! 

Atualmente, é muito prático publicar podcast na plataforma.

Tudo o que você precisa fazer é incluir os dados principais de seu show e o link do feed RSS e, o resto, o Spotify faz tudo automaticamente.

Mas vamos passar por cada etapa com você para não ficarem dúvidas!

Visite o site específico para podcasts

O Spotify possui um site preparado para lidar apenas com este formato, o Spotify for Podcasters.

Seu processo começa aí! É só clicar em Get Started.

colocar podcast no spotify

Faça o login

Entre com o mesmo e-mail e senha que você utiliza em seu Spotify ou com a conta que criou para cadastrar seu podcast na plataforma.

Caso você mantenha seu login salvo, você será redirecionado automaticamente.

login no spotify

Prossiga para “Your Dashboard”

A plataforma providencia uma página para que você gerencia um ou mais programas. Mas, como você ainda está no processo de adicionar seu podcast no Spotify, ela estará vazia.

De qualquer forma, clique em “Your Dashboard”

plataforma spotify

Conceda aos termos e condições

Provavelmente, se é sua primeira vez acessando a dashboard, você terá que aceitar os termos e condições do Spotify for Podcasters, que podem ser lidos por meio de um link.

Inicie o processo

Tendo realizado esses primeiros passos iniciais, finalmente você está pronto para começar a submissão de seu podcast para o Spotify.

É só clicar em “Get Started”!

adicionar podcast no spotify

Adicione o link do feed RSS

A primeira informação que você deve disponibilizar é o link do feed RSS do agregador de podcasts que você utiliza.

subir podcast spotify

Assim que você colar o link na caixa, a própria plataforma vai fazer a leitura e disponibilizar as informações.

Se seu podcast não estiver devidamente organizado para o Spotify, um aviso como esse pode aparecer para você:

Então, tenha certeza de que você já organizou o seu programa em episódios e que há um endereço de e-mail vinculado a ele.

Preencha as informações sobre seu podcast

A seguir, você deve informar algumas características gerais de seu podcast: país de origem; idioma principal e o agregador utilizado.

Na mesma página, informe qual é a categoria principal de seu podcast e 3 subcategorias relacionadas.

Pense bem nas categorias que mais representam seu show e engajar este público.

Revise

A última etapa é revisar todas as informações que você preencheu. Preste atenção em tudo o que colocou e, então, aperte “Submit”.

Revisão spotify podcast

Pronto!

Realizado o processo, agora, é só esperar.

O podcast vai ser avaliado pelo Spotify e em poucas horas seu conteúdo deve ser liberado para consumo na plataforma.

O que são agregadores de podcast?

Como você deve ter percebido os agregadores são fundamentais para cadastrar podcast nas plataformas.

Eles basicamente são um espaço o qual você pode armazenar seus arquivos de áudio, no seu caso, seus episódios.

Por eles, você pode acessar seu podcast e fazer downloads individuais de cada episódio. Mas, mais do que isso, é com eles que você consegue publicar seu programa em streamings e divulgar em redes sociais.

Primeiro, você fará o upload destes arquivos de áudios no agregador de sua escolha e, então, utilizará o link do feed RSS para colocar seu podcast no Spotify, por exemplo.

Existem mais de 20 agregadores de podcast que podem ser utilizados no Spotify for Podcasters, sendo Anchor e Soundcloud dois dos mais famosos. 

E eles mantêm seus novos lançamentos sempre atualizados nas plataformas que escolher!

Como cadastrar podcast nas plataformas da Apple e do Google

Os passos para cadastrar seu podcast nas plataformas da Apple e do Google são praticamente os mesmos do Spotify.

Então, vamos incluir os principais links e diferenças para você!

Como publicar podcast no iTunes

No caso da Apple, você deve visitar o site do iTunes Podcasts Connect e fazer seu login com o Apple ID.

Lá, você também vai encontrar um dashboard e no canto esquerdo um sinal de “+”. Clique nele.

Então, é só colar o link do feed RSS e clicar no botão “Validate”.

As informações sobre o seu podcast serão carregadas automaticamente. Confira se estão corretas e, se sim, clique em “Submit”.

Você receberá um e-mail da Apple confirmando seu processo de avaliação.

O tempo de espera para o iTunes é um pouco mais longo e pode demorar de 24 horas a duas semanas. 

Quando for aprovado, você receberá um novo e-mail com o link de seu podcast na plataforma.

Você pode sempre voltar ao seu dashboard para fazer qualquer edição e monitorar o desenvolvimento de seu show!

Como publicar podcast no Google Podcasts

O Google possui seu próprio aplicativo para podcasts e vale a pena você publicar seu show para ser escutado por lá!

O Google Podcasts identifica diversos shows diariamente e indexa todos eles automaticamente, mas, para isso, você precisa ter certeza de que atende a alguns requerimentos:

  • Ter um site próprio do podcast;
  • Certificar de que seu site e feed de podcast estejam disponíveis para o Googlebot;
  • Ter um link de feed RSS válido que conecte seu site ao podcast;
  • Ter um link pro seu site no feed RSS;
  • Ter um e-mail validado;
  • Ter pelo menos um episódio publicado, seja em formato mp3 ou m4a.

Não se preocupe se demorar um pouco para o Google te encontrar, esse tempo pode variar entre dias e, até, semanas.

Porém, você pode agilizar esse processo ao se inscrever no Google Podcasts Manager. Para isso, é só colar o link do feed RSS.

O Google te mostrará uma prévia do seu feed para você conferir e, se tudo estiver certo, é só prosseguir.

Então, confirme que o podcast é seu por meio de um código de verificação que será enviado para o e-mail associado ao seu feed RSS.

E pronto! Qualquer dúvida, você pode contar com o suporte do Google Podcasts.

Assim como as duas plataformas anteriores, esta também permite que você acompanhe o crescimento e o desempenho de seu programa!

Notas finais

Publicar seu podcast no Spotify é muito importante para o alcance e maior engajamento dos ouvintes, pois é uma das plataformas mais utilizadas para o consumo deste formato.

Estar presente nesse meio fará com que fique mais fácil de encontrar, escutar e compartilhar todos os seus episódios.

E colocar seu podcast no Spotify é bastante simples, você só precisa seguir alguns poucos passos e logo fará parte de uma das melhores redes para este tipo de conteúdo.

Você também pode cadastrar seu podcast nas plataformas da Apple e do Google.

Assim, você tem certeza de que onde quer que as pessoas estejam ouvindo podcasts, seu show estará lá!

Gostou? Conheça também 5 softwares para gravar podcast online.

Microfones para podcast: os melhores de cada categoria

Decidir qual o melhor microfones para podcast não é um exercício difícil, o que você mais precisa é entender quais são suas preferências em relação aos custos e qual estilo de show que você apresenta.

Bons equipamentos para gravar podcast são um desejo recorrente dos criadores. E com razão, afinal, qualidade técnica pode tornar a escuta dos episódios muito mais prazerosa.

Porém, isso não é determinante, então não se preocupe em gastar muito dinheiro em microfones para gravar podcast, um conteúdo bem feito continua sendo o principal elemento de sucesso.

A melhor notícia é que você consegue encontrar ótimos microfones sem gastar rios de dinheiro, então, fica em suas mãos decidir quais os melhores. Leve em consideração a sua realidade!

Aqui, separamos uma lista com diversos modelos de microfones para podcast para que você tenha facilidade em encontrar o ideal para você. 

Antes, se você ainda não está certo se deseja adquirir este tipo de equipamento, a gente te explica se vale a pena.

Vamos lá?

Vale a pena adquirir o melhor microfone para podcast?

Apesar de o conteúdo ser a característica principal de seu podcast, os elementos da produção técnica podem acelerar ainda mais o seu crescimento e relevância.

Você já deve ter notado sua insatisfação quando algum conteúdo de vídeo ou áudio não te deixa ouvir ou assistir da melhor maneira. E isso pode acabar afastando a audiência.

Por ser uma mídia completamente sonora, ter um bom microfone para podcast é uma maneira de gerar mais engajamento em seus ouvintes e proporcionar uma experiência mais completa.

Além disso, pensar nas configurações técnicas na hora de gravar seu podcast pode ser uma boa maneira de facilitar o processo de edição e ajustes que precisam ser realizadas na pós-produção.

No fim, você quer ser ouvido e ser reconhecido, então, o que mais vale a pena é unir o melhor do seu conteúdo com o melhor aparato técnico que você puder adquirir.

Os melhores microfones para gravar podcast

Para fazer essa união do seu conteúdo com os elementos técnicos, o microfone para podcast é o equipamento ideal para você obter.

Ao conhecer melhor os modelos de microfones, mantenha duas coisas em mente: o custo benefício para você ou sua empresa e qual deles atende da melhor forma o estilo de seu podcast.

Por exemplo, um microfone omnidirecional é aquele que capta o som de todas as direções, ideal para quem grava podcasts com muitas pessoas presentes no mesmo local. 

Por ter uma grande capacidade de captação de som, é fundamental que você realize suas gravações em ambientes silenciosos, porque ruídos podem ficar presentes.

Já o direcional capta apenas os sons diretamente emitidos nele e abafa sons ambientes e ruídos externos. 

A partir de agora, vamos apresentar algumas opções para que você possa decidir qual o melhor microfone para podcast no seu caso.

E não se preocupe, encontrar o melhor equipamento não significa que você não vai achar um microfone barato para podcast.

Microfone Dinâmico

O microfone dinâmico é um dos tipos mais fortes, ele tem a capacidade de aguentar variações de amplitude com facilidade.

Por não apresentarem muita sensibilidade, ele ajuda a controlar vazamentos de som do ambiente e possíveis microfonias. É o modelo escolhido por jornalistas que trabalham em áreas externas.

Por outro lado, isso também faz com que algumas vezes não atinja o nível de definição do áudio que você pode desejar. O ideal é que você fale sempre próximo ao microfone.

Mas não se preocupe, existem modelos dinâmicos que são perfeitos para serem utilizados como microfone para podcast.

Outra característica que faz valer a pena é a durabilidade, eles costumam ser muito resistentes.

Separamos aqui três opções de microfones dinâmicos para você conhecer:

SKP Pro 33 (aproximadamente R$100,00 individual e R$250,00 no conjunto com 3)

microfone dinâmico para podcast skp pro 33k
Microfone dinâmico para podcast SKP PRO 33K

Rode Podmic Dinâmico (aproximadamente R$1.750,00)

microfone para podcast dinâmico Rode Podmic Dinâmico
Microfone dinâmico para podcast Rode Podmic

Shure SM7B (entre R$3.000,00 e R$5.500,00)

microfone para podcast dinâmico Shure SM7b
Microfone dinâmico para podcast Shure SM7B

Microfone Condensador

O tipo condensador necessita de mais cuidado por ser mais frágil, nada excessivo, mas você não pode guardar e transportar de qualquer jeito.

Eles são a principal escolha de podcasters por apresentarem maior definição e clareza dos áudios gravados. 

Por isso, também, ele é mais propenso a ser danificado por grandes amplitudes de som. O que não será um problema já que você está gravando sua voz e a de convidados e não uma música de rock.

Se você optar por um microfone para podcast do estilo condensador é importante saber que eles necessitam uma alimentação fantasma (chamada de Phantom Power), geralmente presentes em mesas de som.

Assim, ele é mais indicado para quem grava podcasts com auxílio de aparatos técnicos e menos indicado para quem está começando.

Conheça 3 modelos que destacamos, começando pelo que é considerado um microfone barato para podcast:

Samson C01 (entre R$300,00 e R$500,00)

microfone para podcast condensador Samson C01
Microfone condensador para podcast Samson C01

Audio Technica AT4040 (entre R$1.600,00 e R$4.000,00)

microfone para podcast dinâmico audio technica at4040
Microfone condensador para podcast Audio Technica AT4040

AKG C414 (entre R$4.000,00 e R$6.500,00)

microfone para podcast condensador AKG C414
Microfone condensador para podcast AKG C414

Microfone USB

Os microfones para podcast USB são práticos e também uma escolha recorrente por criadores de conteúdo por diversos motivos.

Primeiro, ele funciona da mesma maneira como qualquer outro equipamento deste tipo, porém você só necessita de uma conexão USB para conseguir fazer com que ele funcione.

Sua mobilidade é facilitada já que você consegue encontrar diversos dispositivos nos quais conectar seu microfone.

Outro motivo para ser muito procurado é o fato de que ele não necessita de uma complexa instalação, geralmente é só conectar e usar.

E por ser um microfone barato para podcast.

Existem modelos de microfone USB nos estilos dinâmico e condensador. No caso do segundo, a alimentação fantasma é pelo próprio cabo.

Ou seja, eles também apresentam boa qualidade na captação de sons, principalmente voz, que é a “ferramenta” que você mais usa nas suas gravações.

Existem também pontos negativos neste tipo de microfone, como não ser um modelo profissional e, por conta de sua praticidade, não ser o melhor microfone para gravar podcast no quesito técnico.

Também vale citar o fato de que ao utilizar um microfone USB você só conseguirá gravar simultaneamente com outro microfone USB e vai precisar das entradas para eles.

Dito isso, ele não é ruim e pode ser uma alternativa perfeita para os podcasters que estão começando ou caso você não tenha um grande orçamento para equipamentos ainda.

Abaixo, você encontra 3 opções de microfone USB:

Blazar GM300 Redragon (aproximadamente R$510,00)

microfone para podcast usb Blazar Gm300 Redragon
Microfone USB para podcast Blazar GM300 Redragon

Blue Snowball Ice (entre R$500,00 e R$1.100,00)

microfone para podcast usb Blue Snowball Ice
Microfone USB para podcast Blue Snowball Ice

Blue Yeti (entre R$1.400,00 e R$3.000,00)

microfone para podcast usb Blue Yeti
Microfone USB para podcast Blue Yeti

Audio Technica ATR2500x-USB (entre R$690,00 e R$1.200,00)

Microfone USB para podcast Audio Technica

Elgato Wave 3 (entre R$800,00 e R$1.300,00)

Microfone USB para podcast Elgato Wave 3

RODE NT-USB Mini (entre R$560 e R$1.300,00)

Microfone USB para podcast Rode NT-USB Mini

Fifine K669 (aproximadamente R$350,00)

Microfone USB para podcast Fifine K669

Microfone Lapela

O tipo lapela é mais utilizado em produções de vídeo, porque são mais discretos, mas podem ser uma ótima opção de microfone para podcast.

O microfone lapela é prático de levar com você, por ser pequeno e leve.

E ele não fica atrás dos outros no quesito de qualidade técnica, podendo ser melhor do que opções maiores dependendo do modelo escolhido.

Sua principal aplicação é em gravações que envolvem ambientes externos ou muito abertos, como ginásios, porque evitam ruídos. 

Eles são ideais caso você vá gravar seu podcast fora de casa ou em um evento com muito público e não possui grandes infraestruturas.

Como geralmente são direcionais, os microfones de lapela precisam ficar próximos à boca de quem está falando.

Você pode escolher entre opções com fio ou sem fio, a grande diferença é o quanto você vai ter de liberdade.

O modelo com fio é ligado a algum receptor, seja um gravador ou celular, o que pode ocasionar em perda de qualidade técnica caso você não conecte muito bem.

O modelo sem fio são ligados a um transmissor para que as informações sejam encaminhadas para um receptor. Nesse caso, é importante checar a distância deles para que a qualidade do áudio gravada não seja prejudicada.

Saiba mais sobre dois modelos que separamos como exemplo:

Boya BY-M1 (entre R$120,00 e R$280,00)

microfone para podcast lapela Boya BY-M1
Microfone de lapela para podcast

Shure MVL (entre R$350,00 e R$600,00)

microfone para podcast lapela Shure MVL
Microfone de lapela para podcast Shure MVL

Microfone Gravador

Outra boa escolha de microfone para podcast são os gravadores, que garantem portabilidade e versatilidade.

Alguns modelos funcionam a partir de USB e outros incluem a possibilidade de cartão SD para que seus arquivos de áudio fiquem salvos no próprio dispositivo.

Nem os gravadores são as opções mais baratas, podendo custar preços mais elevados do que outras alternativas que apresentamos aqui. Mas, mais uma vez, sempre depende do modelo.

São indicados principalmente para quem grava podcasts com um único apresentador, sem debates ou discussões em grupo.

Um ponto positivo de obter um microfone em gravador é o fato de terem grande resistência e durabilidade.

Confira 3 opções de modelos de microfone gravador:

Zoom H1n (entre R$500,00 e R$1.400,00)

microfone para podcast gravador Zoom H1n
Gravador Zoom H1n

Zoom H4n (aproximadamente R$2.500,00)

microfone para podcast gravador Zoom H4n
Gravador Zoom H4n

Zoom H6 (entre R$2.400,00 e R$4.300,00)

microfone para podcast gravador Zoom H6
Gravador Zoom H6

Além destes, você também tem agora uma opção bônus: o Samson Q2U, multifuncional, dinâmico e pode ser usado com cabo XLR ou USB, com custo entre R$400,00 e R$700,00.

Notas finais

O melhor microfone para podcast é aquele que melhor se aplica ao formato de seu programa, seja gravado individualmente ou em equipe, em estúdio ou em uma sala comum.

Embora o conteúdo seja a principal forma de engajar seus ouvintes, bons equipamentos técnicos podem tornar a experiência de escutar ao seu podcast mais completa, principalmente quando se trata de microfones.

E isso não significa que você não possa encontrar um microfone barato para podcast, então vale a pena pesquisar os modelos e tipos para encontrar um que seja ideal para você.

Lembre-se, existe um modelo para cada um entre os melhores microfones para gravar podcast, seja dinâmico, condensador, lapela, USB ou gravador.

Avalie o custo-benefício de cada um, adquira o que mais combina com você e seu podcast e faça seu projeto chegar ainda mais longe!

Você conhece um modelo de microfone para podcast que não comentamos? Faça sugestões e tire suas dúvidas nos comentários abaixo. 

E você pode acompanhar as novidades da Feedgurus pelo nosso Instagram!

Equipamentos para gravar podcast [O Guia para você escolher]

Você quer começar a produzir o seu show, mas tem dúvidas sobre quais são os principais equipamentos para podcast?

Bom, posso te dizer que você veio ao lugar certo.

Neste artigo, vamos listar quais são os equipamentos para podcast que não podem faltar na hora de começar uma gravação.

E além disso, você também vai terminar a leitura sabendo tudo sobre como gravar e quais são os melhores softwares para gravar podcasts e mais.

Pegue o papel e caneta, pois chegou a hora de dar vida ao seu tão sonhado podcast!

Principais equipamentos para podcast

Antes de mais nada, é muito importante você ter em mente que podcasts de alta qualidade podem ser feitos de maneira simples, por você mesmo, dentro da sua casa.

Existem diferentes formas de gravar um podcast. Por isso, é muito importante que antes de começar a gravação, você tenha clareza sobre qual será o formato, e como você vai gravar os episódios (sozinho, com convidados, em um call, etc).

Assim que você finalizar o planejamento, é chegada a hora da gravação. E para isso, você vai precisar de alguns equipamentos essenciais para podcast!

Microfone

Já que estamos falando de conteúdos em áudio, ter um bom microfone que garanta a qualidade sonora é o primeiro equipamento para gravar o seu podcast.

Nesse sentido, o microfone é quem vai permitir que o que você está gravando seja ouvido de maneira clara pela sua audiência.

Além disso, é muito importante garantir que o local da gravação seja tratado acusticamente, para que a captura das vozes seja feita com a melhor qualidade possível.

Para quem ainda está no início das produções e não quer gastar muito dinheiro com equipamentos para podcast, os microfones USB são a melhor saída.

O principal benefício de microfones nesse estilo é que eles dispensam a necessidade de uma interface de áudio externa. Assim, você pode gravar o áudio direto no seu computador, através de um software de gravação.

Behringer C-1U

A Behringer é uma marca famosa, principalmente, pelo custo benefício dos equipamentos que produz. O Behringer C-1U é um microfone profissional, e mais especificamente é uma versão USB do modelo C1.

Dessa forma, ele é ideal para quem quer captar seus áudios com qualidade e praticidade, sem precisar investir tanto.

Razer Seiren X

A Razer é uma marca muito conhecida entre os gamers. De mouse pads a PCs completos, ela possui uma lista variada de produtos, incluindo equipamentos que podem ser usados em podcasts, como o microfone Seiren X.

Apesar de ser mais caro que o modelo anterior, esse modelo tem uma estrutura mais robusta e um suporte mais confiável. Dessa forma, ele pode ser uma boa opção para quem quer melhorar ainda mais a qualidade da captação.

Blue Yeti

Esse é, simplesmente, o microfone USB considerado por muitos o top 1 do mundo.

Uma vez que a Blue é conhecida mundialmente pelos seus microfones no mundo do áudio profissional, essa não é nenhuma novidade.

O Blue Yeti é extremamente versátil. Assim, uma das funcionalidades mais legais que ele oferece é a de alteração nos modos de captação, em que você escolhe o melhor para gravar.

Um deles, permite que até 4 pessoas gravem ao mesmo tempo! Bacana, hein?

Caso queira saber mais, recomendo a leitura sobre os melhores microfones para podcasts

Headsets

Os headsets aparecem como uma alternativa para quem quer um equipamento para podcast com função 2 em 1. Nesse sentido, ao utilizar um headset você passa a ter um fone e um microfone ao mesmo tempo.

A gama de variedade de headsets para gravação de podcasts é imensa, mas decidimos separar duas possibilidades. Assim, fica a seu critério escolher entre um modelo mais próximo ao estilo gamer e um mais usual.

 Logitech G430

Esse é um modelo perfeito para gravação de podcasts, mesmo sendo o modelo de entrada da linha gamer da Logitech.

Quanto às funcionalidades, o G430 tem um isolamento excelente no fone e na captação do microfone. Assim, você não ouve os ruídos externos e também pode cancelar o ruído para o seu convidado não ouvir os sons externos da sua casa.

E ainda, por ser um modelo pensado para quem passa horas a fio jogando, é extremamente confortável!

Logitech H390

Este é um modelo que, para alguns, pode ser um velho conhecido. Mas apesar disso, passou por grandes evoluções no decorrer dos anos.

O H390 também permite a redução de ruídos, assim como o G430. Porém, no quesito isolamento, o modelo acaba ficando um pouco atrás na qualidade.

Dessa forma, usar esse equipamento para gravar o seu podcast pode fazer com que você ouça uma parcela de ruído durante as gravações. A dica, portanto, é que você consiga gravar tudo em um ambiente silencioso e sem interferências externas.

Headsets são uma excelente solução para gravar podcasts, você pode conhecer outras opções lendo o artigo sobre os melhores headsets para podcast.

Ferramentas para gravar um podcast

A variedade de plataformas e ferramentas existentes hoje na internet é uma grande vantagem para todo podcaster.

Vamos, então, saber quais são algumas delas.

Google Meet

É uma das ferramentas mais conhecidas atualmente. E apesar do Google Meet ser comumente usado para reuniões remotas de trabalho, é uma excelente opção para gravar o seu podcast.

Uma das principais vantagens do Meet é a função de gravar conversas. Dessa forma, você recebe a gravação do podcast em vídeo direto no Google Drive e seu arquivo está pronto para ser editado posteriormente.

Skype

Plataforma de videoconferência da Microsoft, o Skype é outra ótima opção para a gravação do seu podcast.

Você também pode gravar a conversa integralmente, podendo, inclusive, exportar em formatos como .mp4 e salvar onde quiser.

Zoom

Você sabia que o Zoom se tornou a maior empresa de videoconferências do mundo desde o COVID-19?

A ferramenta é ótima para quem quer gravar o podcast apenas em formato de áudio e já ter o formato ‘pronto’ após a exportação.

Além disso, se optar por exportar também o arquivo em vídeo, pode fazê-lo em HD!

Outras ferramentas para gravar seu podcast

Como dissemos, a gama de possibilidades para fazer a gravação de um podcast é imensa. 

Além dessas três ferramentas principais, indicamos também o Anchor.fm, Cast e Zencastr

O mais importante é que você encontre a ferramenta mais alinhada com os seus objetivos e que você se sinta mais confortável em usar.

Agora que você já gravou seu podcast, chegou a hora de editá-lo. Vamos, então, saber quais são os melhores softwares de edição de podcasts que existem no mercado atualmente!

Softwares de edição de podcasts

A edição é uma etapa fundamental do processo de criação de um podcast. Então, não tem como falar dos principais equipamentos para podcast sem falar dos melhores softwares para editar os episódios.

Audacity

Audacity é um software gratuito e com uma interface simples e intuitiva. Logo, se você ainda não tem tanta experiência com softwares de edição de áudio, o Audacity pode ser perfeito para o seu podcast.

Através de funcionalidades básicas como ajuste de volume, redução de ruídos e adição de efeitos de som básicos, é possível deixar a gravação de um podcast com uma qualidade ótima.

Pro Tools

Podemos dizer que o Pro Tools é uma ferramenta mais indicada para quem já tem um conhecimento maior sobre produção musical e design de áudio.

Frequentemente usada por profissionais da área e produtores, o software é um dos mais poderosos da atualidade.

Assim, com essa ferramenta o céu é o limite! Todas as opções de efeitos, mixagem e funcionalidades são perfeitas para quem quer elevar – e muito – a qualidade do seu podcast!

Notas Finais

Se você chegou até aqui, ficou claro que é possível ter equipamentos para podcast com qualidade, mesmo que você ainda tenha acabado de entrar esse universo – ou não possa investir muito em equipamentos.

Conteúdos de qualidade podem ser criados sem gastar muito, e o podcast pode ser um formato crucial para você evoluir o seu negócio.

No mais, lembre-se de que gravar é apenas uma parte do processo, e que a pós-produção e divulgação também são etapas muito importantes, e que podem levar o seu podcast para outro nível.

Então, chegou a hora de colocar todos os aprendizados em prática e fazer o mundo conhecer o seu podcast.

A sua audiência agradece!

Quer saber mais sobre como gravar seus podcasts online? Confira nosso Ebook

Os melhores softwares para editar podcasts

Com a constante alta dos podcasts em todo o mundo, somado ainda a facilidade para produção remota e caseira, a procura por equipamentos para produção e softwares para editar podcasts tem sido alta.

Como nós já sabemos, podcasts são conteúdos que não exigem um grande investimento para produção. Isso se reflete em equipamentos, softwares e tempo.

Isso permite escalabilidade, velocidade e uma democratização na produção de conteúdos e formatos mais interessantes que, sem dúvida, vai te deixar feliz por ter começado o seu podcast antes de todo mundo!

Contudo, apesar de ser possível criar um show de bastante sucesso e boa qualidade apenas com equipamentos que você possui em casa e softwares gratuitos na internet, é preciso lembrar que, se deseja aumentar ainda mais a qualidade do conteúdo, é preciso investir.

Por esse motivo, selecionamos 5 softwares, entre eles gratuitos e pagos, que vão te ajudar a conseguir excelentes resultados em suas edições, além de explicar a diferença entre eles. 

Prontos? Vamos lá. 😉

1. Audacity

Se você não está querendo investir, mas está em busca de um software para editar podcasts, com interface amigável e simples, essa é a ferramenta ideal para você. 

Audacity é um software 100% gratuito, super fácil de manusear e que pode ser uma mão na roda para executar edições rápidas e eficientes.

Sem dúvida muitos editores profissionais de áudio hoje em dia deram seus primeiros passos com essa ferramenta, que pode ter funções consideradas básicas, mas que pode proporcionar resultados realmente surpreendentes se tirar o melhor proveito delas.

Extremamente intuitivo e multi tracking, o Audacity permite, em poucos minutos, ajustar volume, graves, agudos, reduzir ruídos e adicionar efeitos básicos, além de fazer cortes e adicionar trilhas ao seu podcast. Além disso, oferece alguns de plugins super legais pra instalar.

É o software ideal para quem está começando agora ou está com o budget limitado para buscar outras soluções.

2. Reaper

Uma ferramenta mais avançada, técnica e completa. Um software usado por profissionais e voltado para aqueles que possuem maior desenvoltura e conhecimento sobre som e design de áudio. 

A vantagem do Reaper perante outras ferramentas voltadas para o uso mais profissional, é de permitir ser utilizada gratuitamente, contanto que não seja para uso comercial. 

O Reaper te trará resultados extremamente profissionais se você dominar sua interface, que também é bem amigável. Ele é poderoso, customizável e um software que roda em praticamente qualquer computador devido a sua excelente otimização. 

3. Pro Tools

Para quem está em busca de ferramentas para produções com maior nível de qualidade, efeitos e funcionalidades, Pro Tools pode ser a ferramenta ideal.

Uma das ferramentas mais poderosas, completas e avançadas do segmento que existe, usada por grandes produtores de áudio e filmes de todo o mundo e inclusive para dublagens. Podemos dizer que é o supra sumo dos editores.

Pro Tools possui a vantagem de integrar hardware e software para produzir audio e há quem considere ele tão importante para edição de áudio quanto photoshop é para edição de imagens. 

Além disso, ele também possui a possibilidade de fazer o download de uma versão gratuita, porém com certas limitações de plugins que, para usuários um pouco mais avançados com certeza fará falta.

4. Adobe Audition

Existe uma briga muito boa entre os softwares top de linha para edição de áudio. E nessa briga com a Pro Tools, está o Adobe Audition.

Como todos os softwares da Adobe, este não poderia ser diferente e com certeza não veio para brincar. Super completo, profissional e de altíssima qualidade, o Audition chegou para disputar a preferência dos principais engenheiros de áudio do mundo.

Aqui não há vencedores. Para quem já está acostumado com outros softwares da Adobe, ele pode ser uma boa pedida. Mas há quem diga que ele é menos intuitivo do que o Pro Tools. É literalmente questão de gosto.

Um ponto a considerar é que a Adobe não disponibiliza uma versão gratuita, nem mesmo com limitações, possibilitando apenas fazer um trial temporário.

5. Anchor

O Anchor.fm é a plataforma mais famosa de podcast no mundo atualmente. 

A vantagem do Anchor é que, por ser uma plataforma completa e voltada exclusivamente para podcast, ele pode ser o grande parceiro na produção do seu podcast. Software multi task, o Anchor possibilita você gravar, editar e publicar seu podcast nas principais plataformas.

Apesar do foco não ser a edição, ele pode quebrar um galho se você precisa realizar ações básicas e simples, e um dos grandes objetivos é garantir arquivos pequenos e leves para otimizar a transmissão. Portanto não se espante com a eventual perda de qualidade.

Ainda assim, a facilidade de gravar pelo app e poder fazer tudo em um lugar só – e até pelo seu smartphone – é muito relevante!

Notas Finais

Existem diversos softwares para editar podcasts existentes no mercado e, com certeza, a solução ideal para o que você procura.

Listamos os 5 editores mais usados pelos podcasters em todo o mundo, mas também existem outros softwares menos conhecidos que, com uma pesquisa rápida no google, podem ser uma mão na roda para você.

O ponto aqui é que podemos dizer que existem categorias de editores, entre básicos, intermediários e avançados. E entre as categorias, não há vencedores, mas sim preferências de usuários. 

Se você está começando na sua jornada, pode começar pelos básicos, como Audacity, e então ir se aventurando pelos mais avançados, testando suas versões free ou trial. 🙂

Já listamos também os principais softwares para gravar seu Podcast. Fique ligado para as próximas dicas 😉