Design de Som Para Podcast: Guia Completo

Se você está procurando elevar o nível de seu show, é essencial voltar sua atenção e entender mais sobre design de som para podcast.

Por ser um conteúdo sonoro, pensar em sonic branding, trilhas e efeitos para podcast vai te ajudar a se destacar.

E é sobre isso que vamos falar aqui.

Read more Design de Som Para Podcast: Guia Completo

O que é podcast? O Guia Completo para profissionais de marketing

Podcast é um conteúdo de áudio criado sob demanda e transmitido em plataformas digitais.

O formato não para de crescer no Brasil e tem se tornado um material estratégico muito importante para marcas e negócios. Mas apesar da crescente popularização, muitas pessoas ainda se perguntam o que é podcast. 

A Deezer, plataforma global de streaming, fez um levantamento que constatou que, apenas em 2019, o crescimento da produção de programas de áudio sob demanda no Brasil foi de 67%. E a tendência é de que os números continuem crescendo.

Criar um podcast tem inúmeras vantagens, pois além de ser um conteúdo relativamente simples de ser criado, é extremamente versátil, já que pode ser ouvido em qualquer lugar e a qualquer hora.

A praticidade dos podcasts beneficia tanto quem produz, pois gera relevância a partir de uma demanda atual, quanto quem ouve, pois otimiza o tempo de quem quer se informar, mas não tem tempo para assistir vídeos ou ler textos muito longos.

Ficou interessado e quer saber mais sobre o assunto? Vamos entender o que é podcast, por que criar e como criar um podcast!

Boa leitura!

Mas afinal, o que é podcast?

Os podcasts são um formato de áudio marketing e seu conceito, na verdade, é bem simples de entender.

Você provavelmente é ou já foi familiarizado com programas de rádio, certo? O podcast se assemelha muito com o rádio, a diferença é que é um conteúdo sob demanda e, dessa forma, as pessoas podem ouvir quando quiserem, pois o conteúdo fica sempre disponível.

O podcast é um programa de áudio on-demand, que ajuda empresas a se conectarem com seus clientes, prospects, time e parceiros.

Conforme os podcasts foram se popularizando, empresas, marcas e negócios começaram a perceber que eles poderiam ser uma ótima ferramenta de marketing.

Assim, o podcast para marketing é usado para informar, entreter e educar a sua audiência sobre o(s) assunto(s) que são o foco do seu negócio. 

E tudo por meio do áudio. 

Estamos começando a entender que é possível falar sobre absolutamente qualquer assunto através dos podcasts, o que faz dele não apenas um conteúdo estratégico, mas também acessível para o público.

Então, vamos entender um pouco mais por que criar um podcast?

Por que criar um podcast?

Até agora, já descobrimos o que é podcast e vimos que uma das principais vantagens de criar um podcast se dá pelo fato de ser um formato versátil e acessível.

Além disso, também entendemos que podcasts para marketing são uma ótima estratégia de comunicação para empresas. 

Vamos detalhar mais sobre por que criar um podcast a seguir.

É um formato de conteúdo novo, e sem saturação.

Estratégias de marketing nunca envolvem apenas um tipo de conteúdo.

Pelo contrário! Sabemos que uma boa estratégia de marketing envolve uma série de formatos que agregam um tipo de valor específico para a audiência, mas que também se complementam quando olhamos para a estratégia de forma macro.

Assim, um dos principais motivos de porquê criar um podcast é o de que eles aparecem como uma oportunidade de ser mais uma opção de conteúdo para seu público, aumentando ainda mais o raio de alcance e o número de pessoas que podem se interessar pela sua empresa.

Podcasts geram oportunidades de negócio.

Existe uma oportunidade enorme para criar podcasts relevantes atualmente. Mas outro lado importante sobre podcasts, é que eles também são uma fonte estratégica de novos negócios para a sua empresa.

Se você recebe convidados, é uma oportunidade única de criar relacionamentos com possíveis clientes.

Se você tem um show único e com conteúdo relevante, é uma oportunidade de se posicionar como especialista no mercado. Colocando podcasts como parte central da sua estratégia, você cria novos canais de aquisição de clientes para alimentar o seu time de vendas.

Interessante, não é?

Como criar um podcast?

Criar um podcast não é difícil, mas exige dedicação, esforço e, claro, criatividade. Então, se você quer saber como criar um podcast, saiba que está no lugar certo, pois preparamos um passo a passo rápido com todas as etapas para você tirar o seu podcast do papel e partir para a ação!

Vamos lá?

Planeje

O primeiro passo para criar um podcast de sucesso é a fase do planejamento.

Sem um planejamento devidamente estruturado, as chances de o seu podcast não atingir os resultados esperados são grandes. Por isso, nunca negligencie esta etapa.

O planejamento é o que vai te ajudar a traçar de forma assertiva os seus objetivos e garantir que todas as demais etapas do processo serão concluídas.

O começo de um planejamento pode ser simples. Tudo o que você precisa fazer é pegar um papel e caneta e fazer as seguintes perguntas para si mesmo:

  • Qual é a minha audiência?
  • Qual será o tema do meu podcast?
  • Já possuo um nome para o podcast?
  • O que me diferencia dos meus concorrentes?
  • Quais são os conteúdos que posso abordar dentro do tema que escolhi?
  • Quais são os profissionais da área que posso trazer como convidados para o programa?
  • Qual será a frequência/periodicidade das publicações?
  • Em quais canais vou fazer a divulgação? Já possuo uma Landing Page?
  • Já possuo um guia/roteiro para conduzir o conteúdo do episódio?

Estas são apenas algumas das principais perguntas que você deve responder durante a fase de planejamento. 

Lembre-se: quanto mais respostas você tiver, melhor. Então, se surgirem novas dúvidas ao longo do caminho, veja isso como algo positivo!

Esse post traz detalhes sobre como usar o Trello para planejar o seu podcast.

Grave

A segunda etapa de como produzir um podcast – uma vez que o planejamento estiver fechado – é a da gravação.

A etapa da gravação nada mais é do que o momento de colocar em prática tudo o que você traçou no seu planejamento. É quando a produção do seu podcast realmente começa!

Você pode gravar o podcast presencialmente e se reunir com outros participantes, se for o caso. Os equipamentos e recursos fundamentais para fazer uma gravação presencial são:

  • Fones de ouvido;
  • Microfone;
  • Um computador com o software de áudio que fará a gravação do áudio.
  • Estar em um local bem isolado acusticamente e com a menor quantidade de ruído possível.

Os melhores softwares de áudio para a gravação de um podcast são Audacity, Adobe Audition e Mp3 Cut.

Você também pode gravar seu podcast remotamente, via Hangouts ou Skype, por exemplo.

Edite

A etapa da edição também pode ser vista como o momento de curadoria do seu conteúdo. 

É aqui que você vai selecionar os momentos e falas que valem a pena ou não estar no episódio do seu podcast. Garanta que sua edição traga ritmo ao episódio, dando a fluidez necessária para que a escuta seja agradável – e que faça sentido – para o público.

Garanta também o backup original da gravação para não ficar na mão caso aconteça alguma coisa errada durante a edição.

A edição também é um momento de criação. Insira vinhetas, estabilize o som, diminua os ruídos e crie a ordem que mais fizer sentido para a sua narrativa.

Publique

É chegada a grande hora: publicar o seu podcast para todo o mundo passar a conhecê-lo!

O primeiro passo é selecionar o seu serviço de hosting. Anchor, Blubrry e PodBean, são alguns dos principais hosts, e são integrados diretamente com as principais plataformas de streaming, como Spotify, Deezer, Google Podcast e Apple Podcast.

Quanto maior o número de canais em que o seu podcast estiver presente, maior alcance ele terá e, consequentemente, maior será a sua audiência.

Divulgue

A etapa da publicação é extremamente importante, mas um podcast publicado que ninguém sabe da existência não é um podcast bem sucedido.

Resgate seu planejamento inicial e veja quais foram os canais que você elencou para fazer a divulgação do seu podcast.

Você pode começar divulgando no seu próprio site ou em uma Landing Page.

Se você já tiver uma base de leads, envie emails e crie fluxos de automação para fazer a divulgação de cada novo episódio. E não se esqueça das redes sociais!

Meu podcast cresceu, e agora?

É muito comum começar um podcast para sua empresa com o objetivo de validar um novo canal para a sua estratégia de marketing.

Geralmente, isso significa gravar episódios de forma simples, com pós-produção limitada.

Com o seu show ganhando tração – e provavelmente chamando a atenção de concorrentes – é preciso dar um passo além e levar o seu podcast para o próximo nível.

Existem duas opções para isso: montar um time interno especializado em podcasts, ou contratar uma empresa especialista em produção e edição de podcasts.

Time interno

Uma das principais vantagens de um time interno para podcasts é a possibilidade de criar shows e episódios rapidamente, comum processo de iteração ágil.

Porém, contratar bons profissionais com experiência em podcast é extremamente desafiador. Além disso, você precisará contratar todas as ferramentas especializadas para produção de áudio, que podem ser bem custosas com o tempo.

Empresa especializada em edição e produção de podcasts

Diferente do time interno, um parceiro especializado em podcasts custa menos e consegue entregar ainda mais.

Os profissionais do time aplicam os aprendizados de diferentes clientes, otimizando o processo de iteração e aprendizado. Além disso, as ferramentas necessárias são utilizadas para vários clientes, o que dilui os custos e permite que o valor dos pacotes sejam mais em conta do que você imagina.

Apesar de a possibilidade de fazer coisas no último minuto não seja tão grande, um especialista traz processos e know-how que são diferenciais para o sucesso do podcast da sua empresa.

Agência de podcast + time interno

Esse é o cenário perfeito.

Sua agência de podcast traz o conhecimento técnico e a especialidade. Enquanto o seu time interno foca na promoção do podcast e em trabalhar com o parceiro para criar o show perfeito!

Os custos são diluídos e o ROI do do seu investimento é incrementado consideravelmente.

Comece já!

Agora, além de você saber o que é um podcast, você já tem todas as informações importantes para colocar a mão na massa e começar a produzir o seu próprio!

Podcast para marketing pode ser a estratégia que faltava para o seu negócio ser mais relevante e gerar valor para o seu público.

Mãos à obra!

Os melhores softwares para editar podcasts

Com a constante alta dos podcasts em todo o mundo, somado ainda a facilidade para produção remota e caseira, a procura por equipamentos para produção e softwares para editar podcasts tem sido alta.

Como nós já sabemos, podcasts são conteúdos que não exigem um grande investimento para produção. Isso se reflete em equipamentos, softwares e tempo.

Isso permite escalabilidade, velocidade e uma democratização na produção de conteúdos e formatos mais interessantes que, sem dúvida, vai te deixar feliz por ter começado o seu podcast antes de todo mundo!

Contudo, apesar de ser possível criar um show de bastante sucesso e boa qualidade apenas com equipamentos que você possui em casa e softwares gratuitos na internet, é preciso lembrar que, se deseja aumentar ainda mais a qualidade do conteúdo, é preciso investir.

Por esse motivo, selecionamos 5 softwares, entre eles gratuitos e pagos, que vão te ajudar a conseguir excelentes resultados em suas edições, além de explicar a diferença entre eles. 

Prontos? Vamos lá. 😉

1. Audacity

Se você não está querendo investir, mas está em busca de um software para editar podcasts, com interface amigável e simples, essa é a ferramenta ideal para você. 

Audacity é um software 100% gratuito, super fácil de manusear e que pode ser uma mão na roda para executar edições rápidas e eficientes.

Sem dúvida muitos editores profissionais de áudio hoje em dia deram seus primeiros passos com essa ferramenta, que pode ter funções consideradas básicas, mas que pode proporcionar resultados realmente surpreendentes se tirar o melhor proveito delas.

Extremamente intuitivo e multi tracking, o Audacity permite, em poucos minutos, ajustar volume, graves, agudos, reduzir ruídos e adicionar efeitos básicos, além de fazer cortes e adicionar trilhas ao seu podcast. Além disso, oferece alguns de plugins super legais pra instalar.

É o software ideal para quem está começando agora ou está com o budget limitado para buscar outras soluções.

2. Reaper

Uma ferramenta mais avançada, técnica e completa. Um software usado por profissionais e voltado para aqueles que possuem maior desenvoltura e conhecimento sobre som e design de áudio. 

A vantagem do Reaper perante outras ferramentas voltadas para o uso mais profissional, é de permitir ser utilizada gratuitamente, contanto que não seja para uso comercial. 

O Reaper te trará resultados extremamente profissionais se você dominar sua interface, que também é bem amigável. Ele é poderoso, customizável e um software que roda em praticamente qualquer computador devido a sua excelente otimização. 

3. Pro Tools

Para quem está em busca de ferramentas para produções com maior nível de qualidade, efeitos e funcionalidades, Pro Tools pode ser a ferramenta ideal.

Uma das ferramentas mais poderosas, completas e avançadas do segmento que existe, usada por grandes produtores de áudio e filmes de todo o mundo e inclusive para dublagens. Podemos dizer que é o supra sumo dos editores.

Pro Tools possui a vantagem de integrar hardware e software para produzir audio e há quem considere ele tão importante para edição de áudio quanto photoshop é para edição de imagens. 

Além disso, ele também possui a possibilidade de fazer o download de uma versão gratuita, porém com certas limitações de plugins que, para usuários um pouco mais avançados com certeza fará falta.

4. Adobe Audition

Existe uma briga muito boa entre os softwares top de linha para edição de áudio. E nessa briga com a Pro Tools, está o Adobe Audition.

Como todos os softwares da Adobe, este não poderia ser diferente e com certeza não veio para brincar. Super completo, profissional e de altíssima qualidade, o Audition chegou para disputar a preferência dos principais engenheiros de áudio do mundo.

Aqui não há vencedores. Para quem já está acostumado com outros softwares da Adobe, ele pode ser uma boa pedida. Mas há quem diga que ele é menos intuitivo do que o Pro Tools. É literalmente questão de gosto.

Um ponto a considerar é que a Adobe não disponibiliza uma versão gratuita, nem mesmo com limitações, possibilitando apenas fazer um trial temporário.

5. Anchor

O Anchor.fm é a plataforma mais famosa de podcast no mundo atualmente. 

A vantagem do Anchor é que, por ser uma plataforma completa e voltada exclusivamente para podcast, ele pode ser o grande parceiro na produção do seu podcast. Software multi task, o Anchor possibilita você gravar, editar e publicar seu podcast nas principais plataformas.

Apesar do foco não ser a edição, ele pode quebrar um galho se você precisa realizar ações básicas e simples, e um dos grandes objetivos é garantir arquivos pequenos e leves para otimizar a transmissão. Portanto não se espante com a eventual perda de qualidade.

Ainda assim, a facilidade de gravar pelo app e poder fazer tudo em um lugar só – e até pelo seu smartphone – é muito relevante!

Notas Finais

Existem diversos softwares para editar podcasts existentes no mercado e, com certeza, a solução ideal para o que você procura.

Listamos os 5 editores mais usados pelos podcasters em todo o mundo, mas também existem outros softwares menos conhecidos que, com uma pesquisa rápida no google, podem ser uma mão na roda para você.

O ponto aqui é que podemos dizer que existem categorias de editores, entre básicos, intermediários e avançados. E entre as categorias, não há vencedores, mas sim preferências de usuários. 

Se você está começando na sua jornada, pode começar pelos básicos, como Audacity, e então ir se aventurando pelos mais avançados, testando suas versões free ou trial. 🙂

Já listamos também os principais softwares para gravar seu Podcast. Fique ligado para as próximas dicas 😉