tipos de podcast

Tipos de podcast: os principais formatos e abordagens

O ritmo de ouvintes de podcast no Brasil cresce aceleradamente. Com isso, fica cada vez mais interessante explorar os diferentes tipos e formatos de podcast.

Existem diferentes estruturas para o seu podcast e cada uma se adequa melhor a um objetivo, audiência, ou negócio.

Hoje, vamos explorar um pouco mais sobre os tipos e formatos de podcast para você usar na sua estratégia de marketing. Cada um tem suas vantagens, necessidades, e desafios.

O que é um podcast?

O podcast é um formato de mídia oferecido em áudio, disponibilizado ao público por meio de serviços de hospedagem, e distribuído por plataformas conhecidas como agregadores (aqui entram o Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, e todos os outros).

A maior vantagem desse tipo de mídia é a facilidade de poder ouvir o programa quando for mais interessante para o usuário. Hoje, o audio marketing é uma das ferramentas midiáticas mais consumidas no Brasil e no mundo.

Além disso, os temas de podcasts são os mais diversos, eles vão desde conteúdo educativo, até notícias internacionais.

Quais são os tipos de podcast?

Na hora de planejar o seu podcast, você precisa levar em consideração alguns pontos importantes para escolher o tipo de podcast ideal.

Um dos principais pontos para o sucesso do seu podcast é manter a frequência. Lançar um episódio incrível e sumir por meses não vai te levar ao topo dos charts do Spotify.

Além disso, conhecer a sua audiência é super importante. Se o seu negócio foca em jovens que ouvem podcasts enquanto vão para a aula, talvez focar em episódios mais longos (45-60 min) possa ser uma boa ideia.

Agora, se você fala sobre esportes e criou um podcast para as pessoas ouvirem enquanto correm, talvez seja melhor ficar abaixo de 30 minutos.

Agora sim, vamos entender melhor cada tipo de podcast!

1. Informativo/Jornalístico

Uma característica essencial do rádio é ser informativo. Jornalistas passam notícias em tempo real sobre acontecimentos do dia a dia.

Atualmente, podcasts também passaram a ser fonte de notícias e atualizações cotidianas. Querendo ou não, eles são efêmeros na maioria dos casos.

Mas o formato que eu mais gosto é do Land of The Giants, onde o jornalista Jason Del Rey explora os efeitos dos 5 gigantes da tecnologia na sociedade atual (Amazon, Facebook, Apple, Google, e Netflix).

2. Programa

Um programa é um podcast baseado em programas de rádio. Ou seja, ele tem uma estrutura clara, quadros, e pode até mesmo tocar música entre eles.

Apesar de ser possível manter a dinâmica de um podcast, esse tipo se parece muito mais com um programa de rádio, apesar de poder ter a frequência e estar nas plataformas de podcast.

Provavelmente é onde existe a maior oportunidade de inovação, já que muitos podcasters tentam fugir ao máximo da comparação com programas de rádio.

Um show atual que segue esse formato em alguns episódios, é o The Rich Roll Podcast.

3. Histórias

Engraçado como histórias se adaptam a praticamente qualquer formato de mídia. Seja através de livros ou podcasts, é sempre bom contar uma boa história!

Existem algumas variações bem interessantes quando falamos de tipos de podcast aqui. Desde crimes recontados, até ficção e a leitura de livros em podcasts (meio que um audiobook porém com comentários do narrador e eventuais devaneios).

Provavelmente as histórias mais famosas no mundo dos podcasts são as de horror e suspense.

Um exemplo bem atual é o podcast da Folha de São Paulo, A Mulher da Casa Abandonada.

Recomendo o The Daily Meditation Podcast.

4. Entrevista

Entrevista é um clássico dentro das estratégias de podcast.

Geralmente um entrevistador conversa com alguém relevante dentro de um mercado. Esse é um estilo que vem direto dos programas de entrevista da TV, como o Programa do Jô, e também antigos programas de rádio.

Para esse formato, é super importante ter acesso a convidados de qualidade – e com frequência.

Como falei, não adianta ter um episódio incrível e sumir por 2 meses. A sua audiência não vai ficar esperando!

Hoje é possível gravar episódios à distância com muita qualidade, o que facilita muito o acesso a diferentes convidados.

Se você quer criar associação de marca e conversar com os melhores profissionais do mercado, essa é uma boa opção!

Um exemplo de podcast de entrevista é a primeira temporada de um dos nossos podcasts, o Growth Wizards!

5. Discussão/bate-papo/mesa redonda

Eu gosto muito de podcasts que são um bate-papo. Duas (ou mais) pessoas discutindo sobre um tema e trazendo diferentes pontos de vista é uma excelente maneira de expandir suas ideias.

Além disso, é um tipo de podcast dinâmico e interativo.

Você pode colocar inserções de outras pessoas comentando, áudios dos seus ouvintes, ou até conversar com eles ao vivo!

Minha sugestão de podcast aqui é o famoso Mamilos.

6. Monólogo

Por último, o monólogo que é um formato muito utilizado hoje em dia. Nele, o podcaster compartilha o seu conhecimento e experiência a respeito de um tema, podendo até mesmo responder perguntas da audiência.

Além disso, o monólogo pode ser formado pelo apresentador contando histórias ficcionais ou reais, como é o caso do podcast do ”Projetos Humanos: Altamira”, que investiga casos criminais que aconteceram de verdade.

Extra: Tipos de podcast com diferentes formatos de abordagem

Apesar de termos explorado mais os tipos de podcast de acordo com a sua estrutura, também podemos categorizar os shows de acordo com seu “objetivo”.

Deixamos essa separação como uma parte extra, porque a verdade é que o tipo ou formato do podcast pode entrar em qualquer uma dessas categorias. Mas se você preferir, aqui estão alguns dos “temas” mais abordados em podcasts.

Podcasts de humor

Talvez o videocast tenha sido o principal catalisador dos podcasts de humor. Essa é uma abordagem interessante, principalmente para comediantes de stand-up que querem expandir suas audiência ou até falar mais sobre um tema que conhecem muito.

Podcasts de entretenimento

Os podcasts de entretenimento se sobrepõem aos de humor em várias ocasiões, mas podemos pensar em entretenimento como qualquer coisa basicamente.

Se é algo leve, para divertir, entreter – obviamente – e ajudar a descomprimir da vida cotidiana, se encaixa aqui.

Podcasts informativos

Os podcasts informativos, na maioria das vezes, são trazidos por veículos de notícias. A Folha de São Paulo tem o Boletim Folha, a Infomoney o Stock Pickers, a BCC tem o Global News Podcast.

Podcasts educacionais

Os podcasts educacionais ajudam as pessoas a conhecer e estudar mais sobre diversos temas.

Inglês e programação são dois assuntos que possuem muitos shows, mas também podemos colocar finanças e saúde mental nessa lista.

Se o objetivo do podcast é ensinar algo, ele entra aqui!

Notas finais

Sem dúvida existe um mundo de possibilidades para quem deseja investir em podcasts como parte da sua estratégia de marketing. Os diferentes tipos e formatos de podcasts permitem muita inovação e ajudam a adequar a sua mensagem para cada tipo de audiência.

Descubra também como criar um podcast do zero.

Quer saber mais sobre podcasts e como eles podem fazer parte da sua estratégia de marketing? Se inscreva na nossa newsletter. 😉

9 thoughts on “Tipos de podcast: os principais formatos e abordagens

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.